top of page
  • Foto do escritorTripulante 47B

Solteiros MAIS UMA VEZ no Dia dos Namorados

Atualizado: 2 de jun. de 2023

Quando um grupo inteiro de amigos se encontra e nenhum deles está em um relacionamento, qual é o nome do fenômeno? Esquecidis no churrasquis :(

Olá, caros leitores! Preparem-se para embarcar em uma jornada adentro do Universo 47B . Uma zona repleta de perguntas, risadas e debates acalorados sobre o amor e relacionamentos. Bem-vindos à história dos solteiros encalhados!

No mundo caótico e moderno em que vivemos, é cada vez mais difícil encontrar a pessoa certa. Mas quem precisa de amor quando se tem amigos (da onça hahaha)?


Na média dos 26 anos e sem nenhum namoro à vista, o grupo começa a se questionar se está apresentando sinais do fenômeno "esquecidis no churrasquis", uma condição primária apresentada no Universo 47B, em que a pergunta que assola a todes: a solteirice é seu destino ou o amor simplesmente se esvaiu?

Ah... os encontros casuais, os aplicativos de relacionamento e a era da putaria... É difícil saber o que pensar sobre tudo isso. Será que as paixões verdadeiras estão sendo abduzidas para a estratosfera do universo para darem lugar à aventuras de uma noite só?

Enquanto alguns lamentam o estado atual do amor, outros abraçam a solteirice com um sorriso travesso. Eles aproveitam a liberdade para focar em si mesmos, desenvolver suas carreiras e curtir suas paixões (academia, natação, vôlei, crochê). Afinal, quem precisa de romance quando você não consegue sustentar um dia de entrevista com o novo date?

No meio dessas discussões profundas e, na maioria das vezes, cômicas, a amizade floresce (ou é a única saída). Essa turma hilária compartilha histórias constrangedoras (e como...), dicas infalíveis de flerte (tão infalíveis que todos continuam solteiros... a conta não fecha) e experiências amorosas que beiram o ridículo (mico total, porque depois da beira tem o resto do iceberg).

É uma verdadeira terapia de grupo (surto coletivo), com risadas garantidas (humilhar o amiguinho é legal, sim) e uma pitada de desespero (será que vamos estar no próximo Vai Dar Namoro?).

Ao final do dia, entendemos que, independente do estado civil (Jão - Vou morrer sozinho), o amor verdadeiro está nas risadas compartilhadas e no apoio mútuo (se agarra no que tem e aceite a mediocridade de sua vida amorosa). Enquanto houver cerveja, haverá um sorriso no rosto (a bad só não pode bater em todos ao mesmo tempo, vamos colaborar, galera)!

E aí, meus abduzidos, vocês já se perguntaram sobre o amor moderno?

Será que estamos todos destinados a ficar sozinhos? Ou será que alguém começará a namorar e abandonará o grupo? Comente abaixo suas histórias hilárias de amor (ou falta dele). Vamos descobrir juntos se o amor está mesmo acabado ou se ainda há esperança nessa era de putaria (aaaai pai, para)!

Qualquer coisa, a gente assume um poliamor em conjunto. Se todo mundo namorar, ninguém tá solteiro, né? E se organizar direitinho... já sabem!

33 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page